Notícias

Boletim do IIRC - Edição de Julho/15

Ajude-nos a desenvolver o treinamento sobre o ‹IR› para atender as necessidades do mercado

O IIRC está divulgando hoje a primeira versão da Matriz de Competência do ‹IR› para feedback. A Matriz visa fornecer um direcionamento claro no mercado quanto às habilidades e a experiência necessárias para ser um praticante efetivo do . Ao mesmo tempo em que as áreas de competência do IIRC definiram uma imagem clara quanto às habilidades profissionais daqueles já envolvidos com o relato, também desenvolvemos a matriz com uma visão para uma importante mudança no foco que acreditamos ser essencial, não somente para um Relato Integrado eficaz, mas também para permitir que as organizações coloquem a criação de valor no cerne de seu propósito e estratégia.

O IIRC adotou uma abordagem com base no mercado para este projeto, e busca disponibilizar ofertas globais que possam ser aplicadas em diferentes contextos para adaptação às práticas e requisitos locais.

Com base nos resultados: Adotamos uma abordagem com base em princípios, definindo os resultados de aprendizado necessários. Esta é uma abordagem adotada por diversas instituições e profissões. Também é totalmente voltada para a manutenção da abordagem com base em princípios da Estrutura Internacional do ‹IR› em si. Os usuários da matriz de competência não devem, portanto, esperar encontrar um guia passo a passo para a implementação do ‹IR› por meio de um processo - que continuamos acreditando seja mais bem conduzido por referência às circunstâncias particulares de cada organização que adota o ‹IR› e através do aprendizado com as principais práticas no mercado.
Pensamento integrado incorporado: O pensamento integrado foi enfatizado para garantir que este aspecto chave do ‹IR› seja coberto de maneira adequada nas competências necessárias. Na realidade, três das quatro áreas de competência propostas na matriz têm relação com as facetas mais amplas do relato.
Associação com a governança: Por meio desta oferta, objetivamos reforçar o estreito relacionamento entre a governança corporativa e o relato. Em especial, estabelecemos o papel dos líderes e do conselho - resultados de aprendizado "introdutórios" são incluídos na matriz e são relevantes para aqueles que estão adotando o ‹IR› pela primeira vez e, em especial, diretores e pessoas responsáveis pelo monitoramento da organização.
Perspectiva do negócio como um todo: Considerando que o processo de relato é importante e incluímos resultados de aprendizado relacionados com a implementação do Relato Integrado em si, não acreditamos que os praticantes devam focar no processo somente. As conexões que o ‹IR› exige com a estratégia e seu escopo por toda a organização exigem uma visão mais ampla. Sendo assim, incluímos áreas de competência sobre liderança e gestão de mudanças - áreas que são essenciais no contexto do "relato sobre todo o negócio", envolvendo amplas interações dentro e fora da organização.

A versão preliminar da matriz de competência do ‹IR› está disponível para consulta e feedback até 16 de setembro de 2015. Incentivamos todas as partes interessadas a ler a Matriz de Competência do ‹IR› e materiais correlatos e a dar o seu feedback utilizando a pesquisa online.

A matriz de competência foi desenvolvida pelo IIRC com o benefício de um grupo consultivo desenhado a partir de uma ampla gama de países e organizações. Nós também reconhecemos o papel da ACCA no fornecimento de expertise educacional para o desenvolvimento da matriz de competência.

O Sri Lanka foi o mais recente país e perceber o benefício econômico do ‹IR›

O primeiro ministro do Sri Lanka aprovou o Relato Integrado. Escrevendo para o Daily Financial Times ele disse que a adoção do ‹IR› tornará o Sri Lanka mais atraente para investimentos estrangeiros e investimentos privados locais. O primeiro-ministro, Hon Ranil Wickremesinghe, escreveu, "Adotar e aprender sobre o Relato Integrado definitivamente beneficiará o setor empresarial e tornará seus relatórios mais significativos para os investidores e as partes interessadas. Isso tornará nosso país mais atraente para investimentos estrangeiros diretos e investimentos privados locais".

O primeiro-ministro estava escrevendo em nome do Instituto de Contadores Gerenciais Certificados (Institute of Certified Management Accountants) do Prêmio de Excelência no Relato Integrado de 2015 (Excellence in Integrated Reporting Awards 2015) do Sri Lanka, um evento importante com participantes e palestrantes de toda a região, incluindo a Índia, Bangladesh e o Paquistão.

O evento, organizado pelo Institute of Certified Management Accountants, começou com uma palestra do Presidente do Sri Lanka, Maithripala Sirisena. O presidente acredita que os contadores têm um importante papel a desempenhar para garantir que a fraude e a corrupção sejam mitigadas - salientando a necessidade de disciplina financeira para que o Sri Lanka possa prosperar. Escrevendo em nome da conferência, o Presidente disse, "O Sri Lanka, sem dúvida, será extremamente beneficiado por esta conferência sobre "Resiliência Corporativa através do Relato integrado" uma vez que isso será uma grande plataforma para nossos profissionais receberem instruções sobre como manterem-se atualizados quanto às inovações para a área".

O Presidente continuou, "Sinto que incluindo autoridades chaves no Relato Integrado, tais como o Presidente da Federação Internacional de Contadores, um Diretor do Conselho Internacional do Relato Integrado e especialistas da África do Sul... fará com que o programa se torne muito vibrante e produtivo".

Olivia Kirtley, presidente da Federação Internacional de Contadores foi a palestrante principal do evento, dizendo que "a IFAC tem uma história longa e de orgulho apoiando o Relato Integrado", e continuou, "a evolução do Relato Integrado está ajudando a incorporar ainda mais a profissão no coração da força organizacional e sucesso econômico".

O vencedor do Prêmio de Excelência no Relato Integrado foi o participante da Rede de Negócios do ‹IR› Diesel & Motor Engineering, uma organização que tem apoiado o ‹IR› há muito tempo. Ela ajudou a desenvolver a Estrutura Internacional do ‹IR› através da participação no Programa Piloto do IIRC que experimentou e deu feedback sobre o desenvolvimento da Estrutura.

Histórias internas que permitirão que você avance em sua jornada do

A Black Sun e o IIRC estão publicando hoje um novo recurso para as organizações que gostariam da história interna sobre como as organizações estão buscando o . Em 2014, a Black Sun e o IIRC anunciaram uma pesquisa que demonstrou que 92% dos respondentes que adotaram o ‹IR› perceberam um maior entendimento da criação de valor, com 87% relatando que acreditam que os provedores de capital financeiro compreendem melhor a estratégia da organização. Agora estão liberando as histórias por trás desta pesquisa através de entrevistas com líderes na área do relato corporativo.


A publicação inclui entrevistas aprofundadas com 27 organizações de 11 países ao redor do mundo, com histórias que vão ressoar por todos os setores e tipos de organização. Cada história é única, com sua própria lógica, desafios e benefícios - com entrevistas com as pessoas que estão trabalhando em seu primeiro relato integrado com o auxílio daqueles que estão bastante avançados quanto ao , já tendo publicado alguns relatos integrados.

A mensagem daqueles que embarcam na jornada do ‹IR› é que a melhor colaboração interna entre as diferentes equipes das organizações, afastando-se da operação em silos, para obter ambientes mais produtivos e maior eficiência é importante. Eles também apontam que o refinamento dos KPIs, que estão ligados a questões materiais, ajuda a melhorar a gestão de desempenho. O relatório afirma que, "Um conselho comum para aqueles que consideram adotar o ‹IR› é: apenas comecem. À medida que a empresa segue na direção do pensamento integrado, o ‹IR› vai acompanhar esse movimento".

A história interna agora está disponível para aqueles que querem aprender com os líderes na área do relato corporativo no site do IIRC: integratedreporting.org/resources

Caso você tenha perdido ...

O IIRC e seus parceiros desenvolveram uma série de programas e recursos para ajudar a implementar o ‹IR› . As Redes do ‹IR› , por exemplo, reúnem organizações pioneiras que estão adotando os princípios e as práticas do e o Banco de Dados de Exemplos de ‹IR› demonstra como as empresas estão abordando o ‹IR› em todo o mundo.

Por meio do Diálogo do Relato Corporativo, oito organizações proeminentes em relato corporativo publicaram juntas um Mapa do Panorama que fornece um retrato de uma comparação de suas estruturas, padrões e requisitos relacionados através da perspectiva do Relato Integrado.


Aqui está um exemplo do que mais está disponível:

Série Criando Valor - reunindo tendências, pesquisas, opiniões de mercado e estudos de caso sobre o .
Sucesso Comercial do Amanhã - um guia para presidentes de conselho, CEOs e Diretores Financeiros, permitindo que eles avaliem como o ‹IR› pode auxiliar no sucesso futuro do seu negócio.
Construindo o Case de Negócios e Percebendo os benefícios do ‹IR› - o impacto que a organizações relataram em sua jornada para a adoção do .

VIGILÂNCIA DO RELATÓRIO:

A empresa de garantia e assessoria Nkonki publica as conclusões da sua quarta revisão anual do ‹IR› em Empresas do governo da África do Sul. E o participante da Rede de Negócios do ‹IR› Transnet ganha seu Prêmio de Relato Integrado

-------------

O participante da Rede de Negócios do ‹IR› Diesel & Motor Engineering foi o vencedor do Prêmio de Excelência no Relato Integrado de 2015 do Sri Lanka do Institute of Certified Management Accountants

-------------

Envie e-mail para info@theiirc.org para nos informar sobre o seu relato integrado ou sobre recursos que a sua organização publicou para incentivar a adoção do ‹IR›

-------------

NOVOS RECURSOS:

PwC publica Guia de Implementação do Relato Integrado e publicação da CPA Canada ‘"Panorama de relato corporativo em evolução: Relato integrado, relato de sustentabilidade e relato de ESG"‘

-------------

BLOG:

A adoção da Diretiva Não-financeira da UE na Alemanha
por Matthias Schmidt, Líder Regional: Alemanha, IIRC