Notícias

Boletim do IIRC - Edição de Abril/15

Comunicado de imprensa: esclarecendo estruturas e padrões

Oito das organizações mais proeminentes do mundo em relato corporativo hoje estão publicando um mapa detalhado que fornece um retrato de uma comparação de suas estruturas, padrões e requisitos relacionados através da perspectiva do Relato Integrado.

Estas oito organizações reforçaram sua cooperação em 2014 através do Diálogo do Relato Corporativo, uma iniciativa concebida para responder à demanda do mercado por maior coerência, consistência e comparabilidade entre as estruturas, padrões e requisitos relacionados.

A confusão levou os participantes do mercado a se esforçarem para entender como essas estruturas, padrões e requisitos relacionados poderiam ser utilizados em conjunto para melhorar o relato corporativo. Como uma primeira resposta unificada, o Diálogo desenvolveu um mapa on-line para mostrar como as oito estruturas, padrões e requisitos relacionados são vistos através da perspectiva do Relato Integrado.

Paul Druckman, CEO do Conselho Internacional para Relato Integrado (IIRC) disse: "Este mapa vai ajudar a esclarecer o ‹IR› no contexto dos requisitos mais amplos do relato e também se mostrar um poderoso primeiro passo para um melhor diálogo entre as organizações mais proeminentes no campo do relato corporativo. O mercado está evidentemente, e com razão, confuso com a sopa de letrinhas do cenário do relato. Estou empenhado em ajudar a resolver essa questão, com o mapa sendo um primeiro passo".

Como um usuário dessas diferentes estruturas, padrões e requisitos relacionados, comentando sobre a divulgação do mapa, Janet Voûte, Vice-Presidente, Chefe Global de Relações Públicas da Nestlé, disse: "O diálogo no relato corporativo é um fato importante. Hoje as corporações são confrontadas com um número cada vez maior de requisitos de relato. Uma visão de como o alinhamento dessas estruturas vai ajudar qualquer negócio que esteja comprometido com o relato corporativo como ferramenta de comunicação transparente".

A Bloomberg também manifestou seu apoio ao Diálogo através de uma declaração de Curtis Ravenel, Chefe Global, Finanças e Negócios Sustentáveis da Bloomberg: "O crescimento do relato corporativo trouxe maior visibilidade para o desempenho das empresas, mas também um desafio em escolher uma em meio a uma série de abordagens de relato disponíveis atualmente. Recebemos este mapa detalhado de maneira positiva, como uma ferramenta que promove maior alinhamento entre estruturas e padrões do relato corporativo". A Bloomberg distribui as informações disponibilizadas a estes padrões, estruturas e requisitos relacionados para muitos milhares de investidores ao redor do mundo.

Presidente do Diálogo de Relato Corporativo, Huguette Labelle disse: "Este mapa é o primeiro resultado entregável do Diálogo e é um indicativo poderoso da clareza e ideias que podem ser levadas ao mercado ao reunir definidores de padrão e provedores de estrutura. No entanto, este é apenas o começo de uma jornada que espero trará maior coesão e eficiência para o relato corporativo. As discussões já estão em andamento no Diálogo para garantir que o momentum não seja perdido agora, e conceitos como materialidade e criação de valor, onde ainda existe uma necessidade de dar maior clareza ao mercado, são apenas dois exemplos de áreas de foco futuro para o Diálogo".

Uma visão do novo website do Relato Integrado

A capacidade de comunicar de forma clara e concisa é fundamental para o Relato Integrado. Isto está sendo refletido no trabalho do IIRC para promover a assimilação do ‹IR›. O novo site do ‹IR›tem como objetivo ampliar a compreensão do que é o ‹IR›, por que você deve adotá-lo, e como você pode ser parte de um movimento global para aumentar o foco na criação de valor, tudo em uma abordagem simples e limpa.

Frequentemente ficamos sabendo de organizações adotando o ‹IR› que é uma jornada - logo, o novo site reflete isso. Ele tem o objetivo de ajudar todos os nossos públicos - os implementadores, defensores e beneficiários do ‹IR› - nesta jornada. Com isto em mente, nós consideramos quatro fases distintas, com base nas quais o site foi concebido:

  • Por que? Criando uma conscientização sobre o ‹IR› e a necessidade de mudanças
  • O que?Para aqueles que estão considerando o‹IR›, dando uma visão do que é o ‹IR› e a Estrutura Internacional do ‹IR›
  • Como? Esta seção foca na adoção do ‹IR› - como você pode implementar o ‹IR› e aprender com outras pessoas que também estão nessa jornada
  • Quando? Ajudando você a defender a adoção global - fornecendo ferramentas, insight e conhecimento para apoiar você na promoção do ‹IR› em suas redes.

O site está em um novo endereço:integratedreporting.org que reflete o lugar no site como o domicílio do ‹IR›. Comentando sobre o lançamento do novo website, Paul Druckman, CEO do IIRC disse: " Estou animado com as novas oportunidades que este site dá aqueles na jornada para o ‹IR›, e gostaria de aproveitar esta oportunidade para agradecer ao Professor Robert Eccles, da Harvard Business School, por nos permite usar esta URL e pela orientação estratégica que tem dado a mim ao longo dos anos".
Outras características incluem:

  • Uma nova seção para as redes do ‹IR›, incluindo a Rede de Negócios do ‹IR›, estabelecendo maneiras por meio das quais você pode reunir os 750 participantes em redes ao redor do mundo.
  • Uma seção de recursos melhorada, que agora inclui uma série pesquisas e relatórios de terceiros além de recursos técnicos do IIRC.
  • Uma seção de notícias melhorada, reunindo os comunicados de imprensa, atualizações sobre o ‹IR› e blogs.

Esperamos que este novo site aprimore seu entendimento do ‹IR›, os objetivos do IIRC, e como você pode se envolver no movimento em busca da nossa visão para o Relato Integrado.

Atualização - B20

O IIRC está desempenhando um papel proativo durante a Presidência do G20 da Turquia para garantir que os benefícios do ‹IR› sejam incorporados às decisões dos responsáveis pela elaboração de políticas e os participantes do mercado de capitais em todo o mundo. O professor Mervyn King, Presidente do IIRC, participa da Infraestrutura e Força Tarefa de Investimento do B20 e Paul Druckman, CEO do IIRC é membro da Força Tarefa para Crescimento de Financiamento do B20.

Juntamente com outros membros da família IIRC que também estão participando das Forças Tarefa do B20, eles usarão essas funções para garantir que haja um entendimento amplo de que a reforma do relato corporativo é essencial para reequilibrar o processo de tomada de decisão econômico e do mercado de capital em favor da criação de valor e investimento de longo prazo.

Após recentes reuniões do B20 em Washington DC, Paul Druckman comentou: "Estou encantado que tantas organizações e indivíduos da família do ‹IR› estejam participando do processo do B20 este ano, colocando sua experiência à disposição de um processo que tem o potencial para beneficiar a tomada de decisões de negócios globais nos anos vindouros".

"Inclusão, implementação e investimento para o crescimento" são as três prioridades abrangentes da Presidência do G20 da Turquia. O ‹IR› é consistente com estas três prioridades críticas e pode ser útil para o programa de cada uma das seis Forças Tarefa do B20 que foram criadas. O papel do B20 é dar aconselhamento prático aos líderes do G20 e, sobretudo, oferecer soluções testadas e implementáveis que atendam estes objetivos. O IIRC desempenhará um papel importante neste trabalho, com os benefícios do ‹IR› já comprovados para as 1.000 empresas que o adotaram até agora.

Aqui nós damos uma visão sobre os principais objetivos do trabalho do IIRC com o B20 em relação a uma das seis áreas-foco - a Força Tarefa para Crescimento de Financiamento do B20:

O ‹IR› alinha a prática do relato corporativo para o objetivo de política pública de aumentar o investimento de longo prazo, inclusive em infraestrutura. O ‹IR› combate o pensamento de curto prazo e acaba com o silos, duas das principais barreiras para a compreensão e o gerenciamento de riscos e oportunidades associados com a atração de capital para investimento de longo prazo em infraestrutura.

Em sua qualidade de membro da Infraestrutura e Força Tarefa de Investimento do B20, o professor Mervyn King está pedindo ao B20 para recomendar passos práticos para garantir que o sistema de relato corporativo seja mais favorável ao investimento de longo prazo, inclusive em infraestrutura. Juntos, vamos pedir ao B20 para fazer recomendações para enfrentar os obstáculos à reforma do relato corporativo, e o ‹IR› em particular, a nível individual dos países do G20.

Como com o B20 de 2014, sob a Presidência da Austrália, a mensagem do ‹IR› é apoiada pelos membros da força-tarefa John Stanhope, presidente do Australia Post e Michael Bray da KPMG Austrália, ambos tendo proposto recomendações substanciais para o B20.

O IIRC continuará envolvendo-se com líderes nesta plataforma internacional, com a confiança que o testemunho e a experiência dos países que já começaram a implementar o ‹IR› trará grandes benefícios. O ‹IR› ajuda a estruturar o gerenciamento de risco, estratégia e compreensão da natureza complexa e inter-relacionada das operações comerciais.

Aprendendo com a prática de liderança

Refletindo o crescente número de empresas que começaram a aplicar a estrutura internacional do ‹IR›, novos relatórios importantes foram agregados em abril de 2015 ao Banco de Dados do Relato Integrado. Exemplos de organizações como a BP, British American Tobacco e a DBS Bank foram acrescentados porque estão entre as empresas que têm aprimorado sua conectividade de informações e reportado com mais clareza em suas relações com as partes interessadas. Um maior enfoque nestas áreas é uma tendência observada em muitos relatórios anuais de 2014 em todo o mundo.

Empresa de petróleo e gás, o extrato da BPestá incluído no banco de dados particularmente por causa de sua divulgação sobre a remuneração dos diretores. O relatório inclui uma discussão sobre as prioridades estratégicas de longo prazo da empresa e como elas criam valor para os acionistas e depois conectam estas prioridades diretamente à remuneração do diretor, descrevendo as medidas utilizadas para avaliar o desempenho que, por sua vez, orienta a remuneração de incentivo de curto prazo (bônus anual) e de longo prazo (plano de ações) do diretor.

O foco do Banco DBS na criação de valor é particularmente forte e o relatório usa terminologia consistente com a Estrutura Internacional do ‹IR›. O relatório inclui uma tabela que detalha o seu modelo de negócios, fornecendo uma visão geral dos processos, adições e saídas que criam valor para suas diversas partes interessadas. É propositadamente de alto nível, mas também inclui referências a informações mais detalhadas e de apoio ao longo do relatório para aqueles que desejam fazer uma análise mais aprofundada.

O relatório da RSA, organização de serviços financeiros, agora também foi incluído no banco de dados. O relatório inclui um heat map em sua avaliação de risco que está em forte consonância com os princípios de materialidade do ‹IR›.

É animador que o banco de dados será substancialmente melhorado no decorrer das próximas semanas, permitindo aos visitantes:

  • Visualizar a íntegra de relatórios que tenham sido reconhecidos como prática líder de ‹IR› por processos de reconhecimento de renome. Isso permitirá que as organizações compreendam como a prática de liderança está se desenvolvendo como um todo, ao invés de apenas focar em elementos individuais do conteúdo ou princípios orientadores da Estrutura.
  • Navegue por uma lista dessas organizações cujos relatórios explicitamente se referem ao IIRC e/ou à Estrutura, ou são claramente influenciados pela Estrutura através da sua participação em redes do ‹IR›.

Disponibiliza recursos avançados para ajudar a encontrar relatórios e exemplos de relevância específica para você.

O IIRC responde à consulta pública

O IIRC respondeu à consulta pública do Conselho de Normas Contábeis do Setor Público Francês (CNOCP) sobre uma estrutura conceitual para as contas públicas. Nossa resposta reconheceu que, ao mesmo tempo em que, no curto prazo, a harmonização da aplicação das normas contábeis no setor público francês é justamente o foco, acreditamos que a Estrutura Internacional do ‹IR› oferece uma solução em potencial para os desafios de médio e longo prazo de relato que é significativa para os cidadãos e as partes interessadas.

Em 2014 o IIRC lançou a Rede Pioneira do Setor Público especificamente para considerar os desafios da adoção no setor público internacionalmente. A rede inclui organizações muito importantes do setor público, como o Banco Mundial, liderando o caminho na avaliação de como o ‹IR› pode ser aplicado para trazer benefícios para o setor público.